Tecnologia ao serviço das pessoas ou pessoas ao serviço da tecnologia?

Hoje em dia há “n” formas de chegar às pessoas que quer impactar, seja com que conteúdo e objetivo for. Isto só é possível com o uso da tecnologia, através de um site, de uma rede social, de partilhas, de mensagens de voz, … o que a criatividade de cada um incentivar.

Maria Cunha
Mar 9 • 2 min leitura
Tecnologia ao serviço das pessoas ou pessoas ao serviço da tecnologia?

Fazemo-lo com uma rapidez e frequência incríveis! No trabalho, em casa, ou mesmo na rua, sozinhos ou num programa de amigos… rapidamente pega no seu telemóvel e chega a todo o lado, partilha, mostra, vê e “acontece” … porque partilhar umas coisas e comunicar outras tantas é fácil e é acessível com um simples clique ou swipe.

Com esta facilidade toda, seremos nós escravos da tecnologia? Sim somos! Mas quero acreditar que é por ótimos motivos.

Agora uma coisa é certa, a maior ou menor intensidade desta “escravatura” depende de si e da forma inteligente e eficaz como a sabe colocar ao seu serviço.

Como? Utilizando a tecnologia para centralizar a informação que tem e que quer mostrar e partilhar. Por exemplo, cada vez que tem uma nova notícia, um novo vídeo, ou um novo artigo no blog, em vez de os colocar manualmente em cada um dos canais digitais onde quer comunicar e impactar: linkedin, whatsapp, youtube, facebook, etc., coloca-a no seu site e a partir dele, partilha então nos restantes canais onde estrategicamente pretende dar a conhecer o seu conteúdo. Rapidamente também mostra tudo, através do site, a qualquer pessoa.

A sua vida fica mais fácil, usa a tecnologia, mas “leva a melhor” :)

Resumindo, a tecnologia deve ser vista como uma excelente ferramenta para ter a vida simplificada porque:

  1. Centraliza no site os conteúdos que quer promover, reduzindo esforços de gestão de conteúdos;
  2. Utiliza a funcionalidade de partilha do site para comunicar estes mesmos conteúdos nas redes sociais à distância de um clique;
  3. Chega às pessoas e impacta mais fácil e rapidamente nos diferentes canais;  
  4. Os seguidores e amigos que alcança através dos seus conteúdos nos diferentes canais e redes sociais são automaticamente convertidos para o seu site, onde podem ler o detalhe do conteúdo e aproveitar para perceber quem é, o que faz, do que fala!

E assim sim, é possível ter a tecnologia ao nosso serviço, em vez de estarmos nós “que nem loucos” só ao serviço da tecnologia!

Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.