A procura da solução perfeita

Será que a leitura de livros é uma tradição perdida? Porque é que a comodidade da internet nos fez perder um dos nossos maiores prazeres?

João Amador
Nov 2 • 2 min leitura
A procura da solução perfeita

Sempre que temos alguma questão em relação a toda e qualquer dúvida do nosso dia-a-dia, seja um problema que tivemos nesse mesmo dia, seja uma dúvida de um trabalho de escola, ou uma questão que ficou ao ver um programa de televisão.... Abrimos o nosso browser e escrevemos na caixa mágica a nossa pergunta.

Mas porque não conseguimos viver sem a internet? Porque é que esta consome tanto do nosso tempo e ocupa tanto das nossas vidas?

Aqui há uns anos para pesquisar acerca de determinado tema os livros e as enciclopédias, presentes na biblioteca ou em nossa casa, eram os nossos salvadores, ainda que hoje em dia continuem a existir, tornaram-se mais distantes, não é cómodo deslocarmo-nos a uma biblioteca ou não temos paciência, nem tempo para folhear um livro para encontrar o que procuramos.

Até um dicionário perdeu o seu valor, hoje em dia basta colocarmos a palavra na barra de pesquisas e pronto temos o resultado em menos de 3 segundos. Mas em contrapartida perdemos o poder de folhear um livro, ficamos sem o deleite do cheiro de cada folha, onde fica o prazer de sublinhar? Será que o facilitismo do online rompe com isso tudo? É certo que continuamos a ter acesso aos livros físicos, mas todas estas facilidades que a internet oferece são muito mais apetecíveis. Mas não será facilitismo a mais?

Fazem-se milhões de perguntas e pesquisas por hora, a todo e qualquer momento estamos embrulhados nesta teia online, mas não estará a internet a tornar-nos menos humanos? É uma questão que fica e permanece, mas cada vez mais se comprova que estamos a trocar os livros físicos por uma leitura online, os dicionários por páginas web, e os jogos de tabuleiro por jogos online.

É importante que exista um equilíbrio entre o mundo online e o físico mais arcaico, todos nós sabemos a importância gigante que a web tem nas nossas vidas, o aumento de qualidade e esperança de vida que esta nos oferece, o número incrível de portas que esta nos abre. Pode não parecer para quem lê este artigo, mas eu tenho noção do quão imprescindível a internet é na minha vida, o que eu tento alertar é para a conjunção destes dois mundos, a solução perfeita está no equilíbrio entre os dois e fundamentalmente espero que não se percam no tempo estas ancestralidades pela sua história e importância, demore o tempo que demorar não existirá maior prazer do que terminar um livro.

Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.